top of page
  • Foto do escritorRodolfo Brenner

#17 - O Homem Mariposa de Point Pleasant | MISTÉRIOS

Em uma pequena cidade americana, testemunhas relatam a aparição de uma criatura alada bizarra com grandes olhos vermelhos. Será real? O que essas pessoas viram? E o que esse monstro tem a ver com o desabamento de uma ponte?


Essa é a versão escrita do episódio #17 - O Homem Mariposa de Point Pleasant:



Em 12 de novembro de 1966, próximo a comunidade de Clendenin, na Virgínia Ocidental, um grupo de coveiros estava trabalhando em um cemitério quando viram algo estranho no céu: um ser do tamanho de um homem adulto e de cor marrom estava pulando de árvore em árvore, até levantar voo e sumir no horizonte.

Dias depois, um construtor chamado Newell Partridge acordou durante a noite com um som misterioso do lado de fora de sua casa em Salem, no mesmo estado. Ele saiu e apontou uma lanterna na direção do barulho, observando dois olhos vermelhos enormes. Com medo, ele voltou para dentro de casa. No outro dia, Newell deu falta do seu cachorro, um pastor alemão chamado Bandit, e acreditou que a criatura misteriosa teria levado o pobre animal.


Recorte de jornal sobre os avistamentos do Homem Mariposa


No dia 15 de novembro de 1966, dois casais - Roger e Linda Scarberry e Steve e Mary Mallette – apareceram na delegacia da cidade de Point Pleasant contanto uma história no mínimo “inusitada”: eles estavam passeando de carro perto de uma antiga fábrica de munições da Segunda Guerra Mundial, uma área conhecida como TNT, quando uma criatura grande, cinza e com olhos vermelhos brilhantes passou a acompanhar o carro. Segundo eles, o monstro tinha asas de 3 metros de envergadura e seguiu o carro até eles dirigirem para fora da cidade, em uma velocidade maior que 160 km/h.

No dia seguinte, o jornal Point Pleasant Registry publicou a história com a manchete “Casais veem pássaro do tamanho de um homem... criatura... alguma coisa!”. A história correu a cidade, e os moradores começaram a ficar com medo, deixando de sair durante a noite, trancando portas e janelas e se armando com rifles de caça.


Representação do encontro dos casais com o Homem Mariposa


Algum tempo depois, Faye Dewitt-Leport, na época com 13 anos, decidiu sair de carro para procurar o Homem Mariposa junto com seus irmãos. Os jovens encontraram a criatura perto da área TNT, que passou a seguir o carro. O Homem Mariposa então teria pulado em cima do capô, e foi quando Faye conseguiu ver as asas e os grandes olhos vermelhos. A criatura voou e pousou na fábrica abandonada, seu irmão saiu do carro e começou a jogar pedras na criatura. Quando uma das pedras acertou, ele deu um rasante sobre eles e sumiu no céu noturno.

Existem pelo menos 100 relatos conhecidos da criatura entre 1966 e 1967. O curioso é que o “batismo” da criatura só aconteceu algum tempo depois, quando um editor anônimo de um jornal de Ohio apelidou o monstro de “Homem Mariposa”, no inglês “Mothman”. Não se sabe de onde veio a inspiração, mas acredita-se que tenha ligação com Batman e o vilão “Killer Moth”, ou Mariposa Assassina em português.


Killer Moth - o nome do Homem Mariposa pode ter sido inspirado no vilão


Naquela época, existia uma ponte suspensa chamada Silver Bridge, que ligava Point Pleasant com Gallipolis, passando sobre o rio Ohio. Em 15 de dezembro de 1967 a ponte colapsou quando uma peça perto do topo rachou, a corrente se partiu e a ponte caiu junto com vários veículos que estavam sobre ela. Infelizmente 46 pessoas morreram, dois corpos nunca foram encontrados.

A investigação mostrou que a ponte estava com muito mais carga do que poderia suportar, e esse teria sido o estopim. Foi construída uma nova ponte e também um memorial para as vítimas. Pouco antes da queda, moradores teriam visto o Homem Mariposa no alto da ponte, e por causa disso atribuíram o desastre ao aparecimento da criatura. Existe até uma foto que teria sido tirada por um local antes do desabamento e que mostraria algo sobrevoando a ponte. Foi a partir desse evento que a aparição do Homem Mariposa passou a ser considerado o presságio de um desastre.


Silver Bridge: ponte ligada West Virginia e Ohio


Novos avistamentos da criatura foram relatados do outro lado do mundo: em 1986, antes do acidente nuclear de Chernobyl, na atual Ucrânia, e em 1999, antes dos atentados em Moscou. Também foram relatados avistamentos em Nova York durante o ataque às Torres Gêmeas, no México em 2009 antes do início da pandemia de H1N1 e no Japão antes do desastre nuclear de Fukushima em 2011.

Em 2006, um homem chamado Awohali disse que ele e seu filho foram atacados pela criatura enquanto viajam por uma estrada próxima da cidade de La Crosse, Wisconsin. Segundo ele, “a boca dele era enorme, os olhos eram do tamanho do farol do carro, as asas eram presas ao corpo e o pelo era marrom acinzentado”. Depois de sumir, a criatura emitiu um grito alto e ensurdecedor, e que de alguma forma fez mal aos dois, tanto que seu filho teria saído do carro para vomitar. Dias depois, Awohali voltou ao local e encontrou uma carcaça de veado que parecia ter sido devorada por um grande animal.

Em 2009, o fotógrafo Lamont Greer estava tirando fotos de uma ponte em Sacramento, na Califórnia, quando viu o Homem Mariposa olhando para ele do alto de um dos pilares da ponte. Lamont tentou fotografá-lo, mas o monstro teria pulado e saído voando.



De 2011 até 2017, pelo menos 55 pessoas relataram terem visto o Homem Mariposa na cidade de Chicago, a 3ª mais populosa do país. Um dos mais interessantes aconteceu durante um eclipse solar em 2017: um homem, que não teve a identidade revelada, estava acompanhando o evento na Northerly Island quando ouviu um grito muito alto. Ao olhar para cima, viu algo grande voando sobre as docas do Burnham Harbor. Segundo ele, parecia um enorme morcego, mas com braços e pernas que pareciam de um ser humano.

Em 2016, um morador de Point Pleasant que estava dirigindo pela State Route 2 viu algo pulando de árvore em árvore, resolveu sair do carro e bater algumas fotos. Em uma delas, é possível ver uma criatura voadora com suas asas abertas. O homem, que não teve seu nome revelado, disse que nem ao menos conhecia a lenda por ter se mudado para a cidade recentemente, o que o assustou ainda mais.


Foto tirada na State Route 2 em 2016: seria o Homem Mariposa?


O primeiro a propor uma explicação foi o professor de biologia da vida selvagem da West Virginia University, Dr. Robert L. Smith. Para ele, o que as testemunhas teriam visto aos arredores de Point Pleasant na verdade era um grou-canadense, um pássaro da família Gruidae. Esse animal é cinza, tem asas escuras e manchas vermelhas na cabeça, que poderiam explicar o que acreditavam que seriam olhos. O grou-canadense pode chegar a ter 1,80m de envergadura, seu grito é alto e pode ser ouvido em longas distâncias.

Algumas pessoas contribuíram com a hipótese dizendo que o pássaro específico poderia estar deformado devido a materiais tóxicos que estavam escondidos na área “TNT”. Outros especialistas afirmaram que esse pássaro poderia ser uma grande coruja.


Grou-canadense


Outra teoria sugere que tudo foi uma mistura de hoax com histeria coletiva: após os jovens terem inventado a história e a imprensa publicar de forma intensa, os moradores de Point Pleasant começaram a entrar em pânico, se convencendo de que estavam vendo o Homem Mariposa pela cidade.

Também existem as teorias menos céticas, de que o monstro seria um animal desconhecido ou um alienígena, e parece haver uma ligação forte com a ufologia: moradores teriam relatado premonições com o desabamento da ponte, OVNIs e até a visita de homens de preto na época dos avistamentos.


Homens de preto: lenda urbana ou eles existem?

Em 1975, as aparições do Homem Mariposa foram investigadas pelo jornalista John Keel, que escreveu o livro The Mothman Prophecies. Em 2002, foi lançado um filme levemente baseado no livro, com Richard Gere e Laura Linney. No filme, um repórter tenta descobrir mais sobre a lenda depois que sua esposa afirmou ter testemunhado a criatura pouco antes de morrer em um acidente. Ele também apareceu em outras mídias, como no desenho Martyn Mystery, no jogo Fallout 76 e nos programas MonsterQuest, Paranormal Witness e Monsters and Mysteries in America.

O Homem Mariposa ganhou status de Cryptid, ou seja, um monstro local, assim como o Pé-Grande ou o Monstro do Lago Ness. Hoje, a cidade de Point Pleasant usa a fama da criatura para atrair turistas: foram construídos um museu e uma estátua cromada de mais de 3 metros de altura, com asas de aço e olhos vermelhos. Os restaurantes e cafés da cidade tem pratos inspirados na criatura, como uma pizza e biscoitinhos com a cara dele. Além disso, existe festival anual que celebra a aparição do bicho e atrai turistas todo mês de setembro: em 2019, mais de 10 mil pessoas participaram do evento.

Roger e Linda Scarberry continuaram falando sobre a criatura em diversas entrevistas e ela garante: foi a coisa mais aterrorizante que ela já viu em toda a sua vida.


Capa do livro de John A. Keel (à esquerda), e a capa do filme baseado nele (à direita)

• FONTES: WCHS-TV, All That's Interesting, MonsterQuest, npr, Nerdist, WBOY 12 News, Smithsonian Center for Folklife and Cultural Heritage, BuzzFeed Unsolved, Monstrum, Roadtrippers.

442 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page